TSE já autorizou envio de força federal para município de Gilbués

TSE já autorizou envio de força federal para mais de 180 municípios 

O Tribunal Superior Eleitoral já aprovou o envio de força federal para 182 cidades de cinco estados: Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Amazonas, Maranhão, Piauí e Pará. O objetivo é garantir a normalidade da votação e apuração do resultado das Eleições de 2014. Só nesta terça-feira (23/9) foi aprovado o envio de força federal para 51 municípios. Para o Rio de Janeiro, a autorização foi rejeitada. Seguindo o voto do relator, ministro Henrique Neves, o Plenário do TSE entendeu que não há situação que leve à necessidade do uso de força federal tanto na capital quanto em cidades do interior do estado, segundo informações por ele obtidas junto à Secretaria deSegurança Pública do Rio de Janeiro. 

O Tribunal Regional Eleitoral do estado havia solicitado a presença da força nacional em 18 municípios. Na eleição municipal de 2012, o TSE autorizou a presença da força nacional em mais de 440 municípios.

Piauí - 65 municípios (PA 130.525) Parnaíba,Ilha Grande, Pedro II, Milton Brandão, Domingos Mourão, Lagoa de São Francisco, São Raimundo Nonato, Cel. José Dias, Dom Inocêncio, São Lourenço, Uruçui, São João do Piauí, Campo Alegre do Fidalgo, João Costa, Pedro Laurentino, Lagoa do Barro do Piauí, Capitão Gervásio Oliveira, Nova Santa Rita, Corrente, Sebastião Barros, Santa Filomena, Altos, Coivaras, Pau D'arco do Piauí, Gilbués, São Gonçalo do Gurgueia, Barreiras do Piauí, Canto do Buriti, Brejo do Piauí, Pajeú do Piauí, Tamboril do Piauí, Paulistana, Acauã, Betânia do Piauí, Jacobina do Piauí, Queimada Nova, Fronteiras, São Julião, Alegrete do Piauí, Caldeirão Grande do Piauí, Cocal, Cocal dos Alves, Demerval Lobão, Lagoa do Piauí, Monsenhor Gil, Curralinhos, Miguel Leão, Cristino Castro, Alvorada do Gurgueia, Santa Luz, Palmeira do Piauí, Picos, Dom Expedito Lopes, Geminiano, Francisco Santos, Monsenhor Hipólito, Santo Antonio de Lisboa, Monte Alegre do Piauí, Anísio de Abreu, Bonfim do Piauí, Dirceu Arcoverde, Fartura do Piauí, Jurema, São Braz do Piauí e Várzea Branca.

Fonte: Consultor Jurídico
Edição: Henrique Guerra
Repórter: Henrique Guerra