Em 2017, Piauí vai produzir 10% da energia eólica do Brasil

Atualmente, o Estado produz 1,4% de toda energia eólica do país.

O governador Wellington Dias (PT) participou na manhã de ontem (25) em São Paulo, de uma reunião com o presidente da Casa dos Ventos, Clésio Eloy. A empresa possui projetos para produção de energia eólica na Chapada do Araripe, contemplando os municípios de Simões, Padre marcos, Marcolândia e Queimada Nova. Além de investimentos já sendo realizados, a empresa tem estudos autorizados, além de obras e providências para execução de novas iniciativas que aumentarão a produção no Estado.

Atualmente, o Piauí produz 1,4% de toda energia eólica do Brasil e com essas obras prontas, até 2017, o estado passará a produzir 10% de toda energia eólica brasileira. “Só com a produção dessa etapa que está em andamento, o Piauí já ultrapassou a produção do Rio Grande do Sul”, explica.

Na audiência, Wellington foi convidado a visitar o parque eólico da empresa no município Marcolândia no dia 9 de março. Na data, a Casa dos Ventos vai inaugurar uma parceria social com a prefeitura da cidade. “Eles estão animados e pediram cooperação para que seja antecipada um linhão que liga a energia que vem de São João do Piauí em direção à Queimada Nova, mais conhecida como a conexão Queimada Nova 2. São 50 quilômetros de linha, o que permitirá que essa região tenha forte participação nos leilões de energia eólica”, explica o governador.

Segundo Wellington, a Casa dos Ventos já vem contribuindo com a regularização fundiária da área, pagando aos proprietários os royalties pelo uso da terra.

Por: João Magalhães - Jornal O Dia