Prefeitura cria Comitê para controlar casos de Dengue em Teresina

Objetivo é mobilizar a população e os órgãos públicos para a importância de se eliminar os focos do mosquito

Despertar na sociedade o espírito de contribuição coletiva na eliminação e diminuição dos focos do mosquito da Dengue. É com esse propósito que a Fundação Municipal de Saúde (FMS) instituiu o Comitê de Mobilização Comunitária, composto por diversos órgãos colegiados, que atuarão no sentido de controlar a ocorrência de casos de Dengue na capital.

É de competência do Comitê conhecer a situação epidemiológica e entomológica do município; auxiliar na implementação das ações de saneamento ambiental e legislação, das ações de educação em saúde e das ações de mobilização social, bem como conhecer as ações de assistência aos pacientes desenvolvidas no município.

“Os representantes do Comitê irão desenvolver suas ações com base nos indicadores estabelecidos pelo Programa Nacional de Controle da Dengue. Dessa forma, deverão ser desenvolvidas medidas que visam a mobilização das pessoas, de maneira a se criar maior responsabilização de cada família e da sociedade na manutenção de seu ambiente doméstico livre de potenciais criadouros do vetor, como também instituições públicas e privadas”, destaca Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da FMS.

São finalidades do Comitê também a elaboração de programas permanentes, uma vez que não existe qualquer evidência técnica de que a erradicação do mosquito seja possível; integração das ações de controle da Dengue na atenção básica, com a mobilização do Programa de Agentes Comunitários de Saúde e Estratégia Saúde da Família; utilização de instrumentos legais que facilitem o trabalho do poder público na eliminação de criadouros em imóveis comerciais, casas abandonadas, terrenos baldios; implementar ações educativas contra a Dengue na rede de educação básica, técnica e superior, entre outras ações.

O Comitê de Mobilização Comunitária é composto por membros do Conselho Municipal de Saúde, Atenção Básica, Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Estadual de Educação, Fundação Hospitalar de Teresina, Diretorias das regionais de Saúde, Vigilância Ambiental, Vigilância Sanitária, Superintendências de Desenvolvimento Urbano, Superintendência de Desenvolvimento Rural, Superintendência de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Secretaria Municipal da Juventude e Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Fonte: Assessoria de Imprensa PMT