SOLIDARIEDADE - Escolas municipais arrecadam 400 kg de donativos para Lar de Maria

A arrecadação foi feita durante a Gincana Socioesportiva do “Segundão.

Estudantes da Escola Municipal José Nelson de Carvalho foram até o Lar de Maria hoje (16) entregar pessoalmente os alimentos e roupas arrecadados durante a Gincana Socioesportiva do “Segundão”. O evento promovido pela Prefeitura de Teresina em parceria com o Ministério dos Esportes reuniu alunos participantes do Programa Segundo Tempo, entre as atividades estiveram envolvidos em uma gincana com arrecadação de donativos.

Ao todo, 130 jovens de 14 unidades de ensino da Rede Municipal concentraram esforços na busca pelo material a ser doado, arrecadando 400 quilos de alimentos como açúcar, arroz e massa de milho, além de roupas seminovas. A E. M. José Nelson de Carvalho conseguiu angariar a maior quantidade de donativos, ganhando a competição e o direito de visitar a casa de acolhimento.

O Lar de Maria é uma instituição da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Piauí, uma entidade filantrópica que tem como objetivo a luta social no combate ao câncer e sobrevive apenas de doações. Formada por um grupo de voluntárias que trabalha para o bem estar do doente oncológico carente, a casa tem capacidade para receber 48 crianças de 0 a 18 anos em tratamento.

Durante a visita, a turma de dez alunos e coordenadores da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) conheceu todo o espaço físico do Lar de Maria, conferindo de perto a dinâmica de acolhimento das voluntárias. O grupo foi guiado por uma das coordenadoras da instituição, Joelma Sandes. “Enfrentamos diversas dificuldades financeiras, então as ajudas são sempre bem-vindas”, agradeceu a voluntária.

Para o chefe da Divisão de Esportes da Secretaria Municipal de Educação (Semec), Raimundo Mourão, os benefícios são ainda maiores para os jovens estudantes, que aprenderam mais uma lição de vida.

“Essa atividade destaca algo que valorizamos bastante dentro das nossas ações, que é a cidadania correta. Esses jovens foram protagonistas de um exemplo do bem, batalharam para ajudar o próximo e ainda conheceram de perto uma realidade diferente da deles, o que contribui para a formação de homens e mulheres mais conscientes de seu papel social”, explicou Mourão.

Feliz pela boa ação, a estudante Carla Priscila destacou que fazer o bem sempre vale a pena. “Eu já conhecia o trabalho do Lar de Maria, mas essa é a primeira vez que tenho a oportunidade de ajudar. Ficamos bastante animados com o anúncio de que fomos campeões e que poderíamos nós mesmos entregar os alimentos, é uma sensação de dever cumprido”, finalizou.

Fonte: Assessoria de Imprensa PMT