Programa Lixo Zero chega à zona Sudeste para erradicar lixões

Primeiro ponto de recolhimento de resíduos será instalado nesta terça-feira, no Loteamento Manoel Evangelista

A zona Sudeste ganhará na próxima terça-feira (28) o seu primeiro Ponto de Recebimento de Resíduos (PRR). A medida faz parte do Programa Lixo Zero, da Prefeitura de Teresina, que tem como objetivo eliminar áreas de disposição irregular de lixo e deixar a capital piauiense cada vez mais limpa.

O primeiro PRR da zona Sudeste será implantado no cruzamento das avenidas 1 e 23 do Loteamento Manoel Evangelista, no bairro Novo Horizonte. "Será o primeiro e o maior de todos. Nosso foco é acabar com os maiores pontos de transbordo da região", explica o gerente de Serviços Urbanos da SDU Sudeste, Roberto Viana.

O PRR consiste em um container de 40 metros cúbicos que serve como uma grande lixeira para o recolhimento de resíduos. É proibida, porém, a colocação de lixo orgânico (domiciliar ou comercial), animais mortos, penas e vísceras, resíduo industrial ou hospitalar, entulhos, plihas, baterias e aparelhos eletrônicos.

O Loteamento Manoel Evangelista será o primeiro de quatro locais a receber PRR na zona Sudeste - Parque Itararé, Dirceu I e Renascença também serão beneficiados com o dispositivo. Em toda a cidade, já são 15 PRRs espalhados por bairros das zona Centro-Norte, Sul e Leste.

Coordenado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), o Programa Lixo Zero, responsável pelos PRRs, conta com o auxílio das SDUs, que operacionalizam a fiscalização em campo, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam), da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) e da Assistência Militar.

Reforço

A implantação dos PRRs na região deve complementar o trabalho já realizado pela Gerência de Serviços Urbanos da SDU Sudeste, que reduziu em cerca de 40% o número de lixões na área desde 2014 com a instalação de placas alertando para a proibição de jogar lixo em determinados locais.

Além do container para o recolhimento de resíduos, o Programa Lixo Zero prevê um monitoramento de áreas de concentração de lixo. Ele será feito por uma equipe de fiscalização específica que será responsável por vistorias cotidianas.

O objetivo da Prefeitura de Teresina com essa iniciativa é eliminar áreas de disposição irregular de lixo. Antes da implantação do programa, um estudo feito pela administração municipal apontou a existência de 101 áreas problemáticas na capital. Desde que o Lixo Zero entrou em ação, em abril do ano passado, quase 40 pontos de concentração de resíduos e entulhos já foram erradicados.

Programação

O PRR do Loteamento Manoel Evangelista será o primeiro e o maior instalado na zona Sudeste, mas não será o único. De acordo com a programação da Prefeitura de Teresina, uma outra unidade será implantada na avenida Noé Mendes (Parque Itararé) na sexta-feira (31).

Os outros dois PRRs da região serão instalados no cruzamento das ruas 30 e Alexandre Gomes Chaves, no Dirceu I, e na rua 2 do Parque do Sol (Renascença). A implantação de ambos acontecerá em agosto.

Multas

Para eliminar esses lixões, além de instalar os PRRs e monitorar áreas de concentração de lixo, a Prefeitura de Teresina aplica multas nos "sujões". Na zona Centro-Norte, onde o programa foi implantado inicialmente, a média de multas geradas por mês varia entre 70 e 80. Na zona Sul, que recebeu os últimos PRRs, já foram geradas 82 notificações e aplicadas 22 multas.

Fonte: Assessoria de Imprensa PMT