Edital da Guarda Municipal será lançado dia 8 de setembro

O edital prevê 50 vagas, com a possibilidade de chamamento de 100 classificados.

O edital da Guarda Municipal de Teresina será lançado no dia 8 de setembro. A informação foi confirmada pelo Coordenador do Grupo de Trabalho de Formação da Secretaria Municipal de Segurança e Defesa Social, Samuel Silveira. Segundo ele, a ideia inicial era lançar nesta segunda-feira, 31 de agosto, ainda dentro da programação de aniversário de Teresina, no entanto, a Prefeitura sentiu a necessidade de incluir, na mensagem encaminhada à Câmara Municipal, a reserva de 5% das vagas para pessoas com deficiência.

O edital, segundo o coordenador, já está pronto e o concurso será conduzido pelo Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Piauí (UFPI). “Nosso interesse é lançar o mais rápido possível, mas queríamos incluir no edital a reserva de 5% das vagas para pessoas com deficiência. Encaminhamos a mensagem para a Câmara, para apreciação dos vereadores, e aguardamos que haja a aprovação para que possamos apresentar o edital à população”, comentou, destacando que a matéria foi votada e aprovada em primeiro turno e aguarda a aprovação em segundo turno.

O edital prevê 50 vagas, com a possibilidade de chamamento de 100 classificados. No edital será exigido que o candidato tenha carteira de habilitação AB. A expectativa é que as provas sejam realizadas no começo de novembro e a convocação seja imediata. “O concurso da Guarda Municipal será composto por cinco fases: prova de conhecimentos específicos, psicotécnico, exame físico, investigação social e o curso de formação”, explica Samuel Silveira.

A expectativa da Prefeitura é que todas as etapas estejam concluídas até o início de 2016 para que a Guarda seja efetivamente implantada. “Trabalhamos para formar uma guarda que esteja realmente preparada para servir a cidade”, ressaltou Samuel Silveira, lembrando que o papel da Guarda Municipal não é o de policiamento ostensivo para garantir a segurança da população. “Esse papel cabe à Secretaria de Segurança, por meio da Polícia Militar. O Papel da Guarda é garantir a proteção ao patrimônio público, tais como hospitais, escolas, praças públicas e prédios onde funcionam órgãos da administração. Contudo, na medida em que reforçamos a segurança nesses espaços, estamos garantindo, de forma indireta, um reforço na segurança da população”, lembrou.

Assessoria de Imprensa