Estudantes das unidades do município conhecem a diversidade do Folclore brasileiro

Alunos passaram por estudo especial no mês de agosto, enfocando principalmente as lendas 

As Unidades de Ensino da Rede Municipal estão dando continuidade ao estudo do Folclore Brasileiro. Alunos realizam estudos e apresentações diferenciadas mostrando a importância desse estudo que está ligado a várias ciências devido ao seu caráter dinâmico, psicológico e social.

O Folclore oportuniza as crianças o reconhecimento do saber popular brasileiro, tornando-se um instrumento valioso para os docentes no processo de ensino e aprendizagem.

A Escola Municipal São José realizou a culminância do Projeto Folclore, que contou com a participação das atividades do programa Mais Educação em apresentações de encenações e danças sobre as lendas da Num-Se-Pode e do Boi do Piauí. 

As atividades em sala de aula durante a segunda quinzena de agosto foram realizadas no sentido de disponibilizar o conhecimento da Cultura da nossa região, dando especial ênfase às lendas do Piauí. 

O ponto alto da festividade foi o crescimento instantâneo ao vivo da "Num-Se-Pode" com um efeito especial onde um dos alunos atores apoiava a aluna atriz, fazendo-se de "pernas" da mesma. 

O Centro Municipal de Educação Infantil Professora Hilda Lemos também aproveitou a data do Folclore para trabalhar de forma lúdica as riquezas culturais. Com o envolvimento de toda equipe, professores, gestores, alunos, agente de portaria e administrativos, foi realizado um momento único em conhecimentos, interação, fortalecimento dos laços afetivos e união em torno deste projeto. Cada dia foi especial e as crianças sempre entusiasmadas sobre as novidades que estavam aprendendo.

“São momentos como esses que oportunizam aprendizagens significativas para nossas crianças”, diz Darlene pedagoga do Cmei.

O Centro Municipal de Educação Infantil Louvor e Vida também participou de atividades envolvendo o estudo do Folclore com os estudantes, que se entusiasmaram ao conhecer a diversidade das lendas piauienses.

Já o Centro Municipal de Educação Infantil Maria Aldineia culminou as atividades folclóricas com um dia repleto de alegrias e descontração. Os alunos do CMEI receberam uma visita toda especial da analista de arte Aliã Wimiri do SESC, que é indígena e contou lendas fascinantes, como a do Uirapuru.

Aliã também socializou com as crianças atividades dinâmicas e extrovertidas. Para finalizar as atividades a professora Vera Lúcia realizou apresentação da dança do Bumba-Meu-Boi, com seus alunos, nos turnos manhã e tarde. Foram momentos de aprendizado e de muita diversão.

Fonte: ASCOM - PMT