Teresina possui alto Índice de Desenvolvimento Humano

Representantes do IBGE e TRE apresentam cartilha 2016 com números dos municípios
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), unidade Piauí, lançou ontem, dia 20, no auditório do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI), a cartilha "O seu município em números 2016", que traz dados relevantes sobre os 5.570 municípios brasileiros. Sobre Te-resina, por exemplo, destacou-se o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e o Produto Interno Bruto (PIB).

De acordo com Leonardo Passos, chefe da Unidade Estadual do IBGE no Piauí, o IDH de Teresina é 0,751, considerado alto em relação ao restante do país, que é de 0,727. No Piauí, o IDH é considerado médio, com 0,646. Outro dado importante é com relação ao PIB, pois em Teresina este quesito é puxado principalmente pelo setor de serviços.

O material ainda traz dados sobre a destinação final do lixo, que, em Teresina, a maioria é coletado diretamente pelo serviço de limpeza. A educação com destaque para o número de matrículas por série escolar e o índice de desenvolvimento da educação básica, taxa de mortalidade infantil, que no estado vem decrescendo desde 2013 e notificações de dengue que vem aumentando desde o ano de 2009. Sobre a empregabilidade, o setor com maior destaque é o de serviços.

A cartilha informativa é fruto de diversas pesquisas produzidas pelo IBGE e de dados administrativos coletados junto a outras instituições como Ministério da Saúde, secretarias estaduais e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais-INEP. 

O objetivo do lançamento é conscientizar o eleitor neste período e aumentar o conhecimento das pessoas sobre a realidade de seu município. "Nós queremos retratar o Brasil e o Piauí com informações necessárias ao conhecimento da realidade e exercício da cidadania por parte de cada eleitor", destaca Leonardo Passos.

No site do IBGE cidades. ibge.gov.br o eleitor poderá encontrar informações mais detalhadas sobre sua cidade. Cerca de 20 mil cartilhas no Piauí também devem ser distribuídas pela rede de coleta do IBGE nos pontos de maior movimentação como cartórios eleitorais e câmaras municipais. O material está sendo en-tregue desde a última sexta-feira (16) e foi enviado para o e-mail de todos os candidatos cadastrados na Justiça Eleitoral. A tarefa do IBGE, responsável pela cartilha, é a produção, análise e disseminação de diversas pesquisas demográficas, sociais, econômicas e ambientais.

O lançamento ocorreu em parceria com o TRE-PI que se posicionou a respeito do material. "O IBGE é um órgão importante, faz pesquisas há muito tempo, e esses dados vão servir de subsídio para o eleitor, vão ajudar a todos nós fundamentarmos nossas decisões", destaca o presidente do órgão, Desembargador Joaquim Dias.

Fonte: Diário do Povo do Piauí