Baile do Idoso terá serviços gratuitos para a população

Evento propõe confraternização entre os idosos e a prestação de serviços

Para encerrar a programação realizada em alusão ao Dia Mundial do Idoso, a Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e de Assistência Social (SEMTCAS), através do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso, realiza nessa quinta-feira (27), a partir das 15h, na AABB, o Baile do Idoso. Um momento lúdico para os idosos se confraternizarem, com música ao vivo e diversas atividades.

O baile contará também com a oferta de serviços como odontologia, orientação nutricional, atividades de dança, capoterapia, aferição de pressão arterial, maquiagem, orientação jurídica, orientações previdenciárias, dentre outros. 

“Na oportunidade, concentraremos várias ações em um único espaço para assegurar-lhes direitos. Essa é uma ocasião em que o idoso é protagonista, o baile é uma tradição que faz parte das comemorações do Dia Internacional do Idoso. Nesse ano, passamos o mês de outubro realizando atividades importantes que visavam refletir junto com os idosos a realidade desse segmento em Teresina", relata a Presidente do Conselho Municipal do Direitos do Idoso, Silvana Bacelar. 

Para o deslocamento gratuito desses idosos serão disponibilizados 20 ônibus e duas vans, que estarão espalhadas nas diversas regiões da capital. No local será distribuído também lanche especial para os participantes. A meta é que 1.500 idosos compareçam ao evento.

A programação, que iniciou no dia 01 de outubro e encerra nessa quinta-feira (27) com o baile, teve também atividades religiosas, atividades nos territórios realizadas pelos Centro de Referência de Assistência Social (Cras), além de um seminário que discutiu políticas para pessoa idosa do município envolvendo a saúde, educação e assistência social, objetivando o cruzamento de ações e informações.

O dia mundial do idoso foi instituído em 1991 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e tem como objetivo sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento e da necessidade de proteger e cuidar da população mais idosa, muitas vezes esquecidos pela sociedade e pela família.

Fonte: AsCom