Programa ALI contribui para o desenvolvimento das empresas

Ação do Sebrae dissemina práticas inovadoras

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico, CNPq, desenvolve o Programa Agentes Locais de Inovação, ALI, com o objetivo de incentivar ações de inovação nas empresas, visando ampliar a sustentabilidade e a competitividade dos negócios.

O terceiro ciclo do programa no Piauí encerrou na última quarta-feira (28), com o Workshop de Inovação e Sustentabilidade, ocorrido na sede do Sebrae em Teresina. O quarto ciclo terá inicio no primeiro semestre de 2017. Nos três primeiros ciclos, foram atendidas mais de 2500 empresas de diversos setores econômicos.

“O Programa ALI incentiva a inovação. Por meio dessa ação os empresários obtêm informação e conhecimento para avançar no mercado. Em um mercado competitivo, as empresas que investem em inovação se destacam mais”, destaca o diretor administrativo-financeiro do Sebrae no Piauí, Ulysses Moraes.

Para a empresária Guaraciara Wallois, da empresa de decoração Renova Casa atendia pelo ALI, o programa contribuiu para melhorar alguns aspectos de seu negócio. “Participar do ALI foi muito importante para a empresa. Procurei aplicar todas as dicas e orientações que o agente repassou. Percebi que houve crescimento na Renova Casa após as consultorias do programa”, destaca Guaraciara.

A empresária ressalta também que, através do ALI, melhorou o atendimento, a visibilidade da empresa e o setor de recursos humanos. “Também pudemos observar os pontos positivos e os pontos fracos da empresa e assim executar ações para obter melhor desempenho”, afirma a empresária.

Igor Lago, da empresa Flex Sinalização Modular, também falou dos benefícios do ALI para seu empreendimento. “O ALI contribuiu para que todos os colaboradores percebessem a importância da capacitação. Também observei melhorias na área de processos da empresa e pude implementar inovações para uma gestão ainda mais eficiente”, salienta.

O ALI Vicente Miranda, que atuou no terceiro ciclo do Programa, encerrado na última semana, destacou a importância da ação para sua vida profissional. “Já prestava consultorias antes do programa ALI. As capacitações que participamos para a formação do agente local de inovação viabilizaram uma mudança bastante positiva para mim como profissional. Por meio do ALI, ampliamos nossa visão sobre a gestão da empresa e podemos disseminar o conhecimento de práticas inovadoras nos negócios”, destaca o ALI.

Os municípios de Teresina, Parnaíba, Piripiri, Floriano, Picos e Bom Jesus já são atendidos pelo programa. No próximo ano, os empresários da cidade de São Raimundo Nonato também receberão o ALI.

O PROGRAMA

A participação do empresário no programa ALI é gratuita. O objetivo da ação é promover a inovação dentro das micro e pequenas empresas. Por meio dessa iniciativa, o beneficiário saberá como implantar práticas inovadoras em produtos (bens ou serviços), processo, marketing e método organizacional.


Agentes com perfil multidisciplinar visitam os empreendimentos, apresentam soluções e oferecem respostas às demandas do negócio atendido, no que diz respeito ao desenvolvimento econômico e financeiro, estrutural, de produtos, serviços e processos produtivos.

Os Agentes Locais de Inovação são bolsistas do CNPq, capacitados pelo Sebrae. Todos eles são graduados e possuem formação específica no tema inovação. 

“O ALI contribui para o aumento da competitividade das micro e pequenas empresas, por meio da difusão de informações sobre possibilidades de inovação e de acordo com as características de cada empreendimento. As mudanças geram impacto direto na gestão empresarial, na melhoria de produtos e processos e na identificação de novos nichos de mercado”, destaca o gestor do Programa ALI no Piauí, Cruz Neto.

COMO FUNCIONA

A empresa recebe a visita do Agente Local de Inovação para um diagnóstico completo do estágio de inovação e das oportunidades de melhoria a serem implementadas para ampliar a sua competitividade.


A partir desse diagnóstico, o agente vai propor a construção de um plano para inserir soluções inovadoras no ambiente da empresa. Depois de definido, esse plano será implementado sob a responsabilidade da empresa, com o acompanhamento/orientação do ALI.

Entre as vantagens de aderir ao ALI está o acompanhamento especializado, no qual os agentes cuidam de setores específicos, o que traz mais qualidade para o trabalho apresentado. Além disso, o agente conta com a supervisão de um consultor sênior do Sebrae.

Mais informações sobre o Programa ALI na Unidade de Produtos e Soluções do Sebrae no Piauí, localizada no 1º andar do prédio da instituição em Teresina, na Av. Campos Sales, nº 1046 – Centro; ou pelo telefone (86) 3216-1363.

Os interessados podem também procurar os escritórios do Sebrae nas cidades de Picos, Parnaíba, Floriano, Piripiri, Bom Jesus e São Raimundo Nonato

Serviço:

Unidade de Marketing e Comunicação do Sebrae no Piauí: (86) 3216-1356
Agência Sebrae de Notícias Piauí: (86) 3216-1325
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800

Por: Misael Martins