SDU executou mais de 100 mil metros quadrados de calçamento na zona leste

Investimentos de mais de R$ 7 milhões destinados a todos os bairros da região no ano passado

Atender à necessidade da população e melhorar a mobilidade urbana da cidade é uma das prioridades da gestão municipal. Em 2016, só na região leste da cidade, foram executados a construção de 116.261,52 metros quadrados de calçamento, segundo Relatório Anual de Atividades da Superintendência Municipal de Desenvolvimento Urbano Leste.

Os gastos com construção de pavimentação em paralelepípedo, com investimentos de mais de 7 milhões, contemplou todos os bairros da região. O novo superintendente da SDU Leste, João Pádua, avaliou como importante a execução desse serviço. “Entendemos que o calçamento é fundamental, pois é a primeira obra de saneamento, principalmente porque tira a lama, afasta a poeira e melhora muito a qualidade de vida e mobilidade urbana da comunidade. E também a autoestima, inclusive, da população. Logo, vamos continuar trabalhando para concluir as obras oriundas de recursos próprios do município, de emendas parlamentares, investimentos federais e recursos do orçamento popular”, afirmou o novo gestor.

Na recuperação de calçamentos, a zona leste também recebeu serviços de drenagens, canteiros centrais, passeios, obras de contenção e serviços em geral. A SDU Leste executou cerca de 24.400 metros quadrados. “Temos que levar em consideração que a cidade cresceu e o poder municipal está acompanhando esse fenômeno, sem deixar de pensar nos aspectos da mobilidade urbana a favor da população”, explicou Márcio Sampaio, superintendente executivo.

Lenilda Marta, moradora do Bairro Morros, acredita que os calçamentos que já foram entregues tornou melhor o trânsito de pessoas e veículos. “Moro aqui há mais de 16 anos e a pavimentação é um desejo antigo não só meu, mas de toda a comunidade, principalmente porque quando chove sofremos muito. Mas agora é só alegria”, disse a doméstica.

Segundo o morador da grande Pedra Mole, José da Costa, depois de concluída a pavimentação da rua em que mora com a família, a mobilidade melhorou bastante. “Eu vivo aqui tem mais de 10 anos e hoje ficou mais fácil sair de casa com a minha moto, além do básico que é se locomover sem dificuldade. Ou seja, melhorou muito”, disse.

Conforme o superintendente executivo, outras obras em andamento também seguem aceleradas. “Concluiremos as obras do Centro de Convivência do Idoso e o Centro de Iniciação Esportiva, localizados na região do Vale do Gavião. No Planalto Uruguai, iniciamos a continuidade do trabalho de revitalização do Centro Esportivo do Planalto Uruguai. Na Morada do Sol, concluiremos as obras para construção do Ginásio Sarah Menezes, entre tantas outros”, pontuou Sampaio.

Comparativo

A população da zona leste vem sentindo uma modificação no seu ambiente urbano, principalmente por conta da expansão do projeto de pavimentação de ruas que tem sido pauta importante da gestão municipal. No ano de 2015, por exemplo, foram executados a construção de 100.518,42 metros quadrados de calçamento. Em se tratando de recuperação e reposição de calçamento, a Superintendência executou cerca de 24.400 metros quadrados, totalizando investimentos no valor de aproximadamente R$ 2.800.000, segundo Relatório Anual.

Fonte: AsCom