Diretoras conhecem modelo de creche de tempo integral em Teresina

O CMEI atende crianças de 3 a 5 anos durante todo o dia

Teresina contará a partir deste ano com 18 unidades de ensino em tempo integral na Rede Municipal, ampliando o tempo de permanência das crianças na escola. Um grupo de diretoras da Educação Infantil conheceu a realidade de uma das poucas creches que já funcionam com jornada ampliada na capital, o Centro Municipal de Educação Infantil Nossa Senhora Maria Auxiliadora, no Parque Rodoviário.

O CMEI atende crianças de 3 a 5 anos durante todo o dia, com atividades pedagógicas, esportivas, música, rodas de leitura e brincadeiras. Cada turma também segue um cronograma para a hora do banho, almoço e o merecido descanso. O ritmo, segundo a diretora Lívia Furtado, gira em todo do aprendizado dos alunos.

“Acolhemos e cuidamos das crianças, mas temos sempre em mente que todas as ações são direcionadas para o desempenho dos alunos no aprendizado”, destaca a diretora. E os resultados revelam essa preocupação, em 2016 a escola alcançou a marca de 97% dos alunos do II Período prontos para serem alfabetizados, enquanto a meta era 80%.

Ao conhecer a rotina da escola, o grupo de diretoras que vai experimentar a jornada integral pela primeira vez aproveitou para tirar dúvidas e apresentar iniciativas que já funcionam em suas escolas. Também acertaram pontos sobre o funcionamento do período integral e marcaram novos encontros de preparação para a nova modalidade.

“Acreditamos em gestões compartilhadas, um gestor contribuindo com o trabalho do outro. Nossos diretores são bastante criativos, empolgados com projetos que venham para somar na evolução desses alunos, portanto, nesses encontros somos mais que observadores, estamos contribuindo, fortalecendo o grupo que vai encarar a novidade este ano”, conclui a gerente de Educação Infantil da Secretaria Municipal de Educação (Semec), Sanmya Ribeiro.

No processo de adaptação para a nova jornada, os diretores estão encarando uma série de novas experiências, com pesquisa, reuniões e estudos aprofundados sobre a metodologia do tempo integral.

Fonte: AsCom