Cordel estimula leitura em projeto da Escola Municipal Simões Filho

Ideia é fazer um contato direto dos alunos com o cordel de modo criativo e atrativo

A Escola Municipal Simões Filho encontrou no cordel uma forma de despertar nos alunos o gosto pela leitura e incentivar a valorização da cultura regional. Nos meses de maio e junho, a escola executou o projeto “Tons do Cordel” com alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental. Nesta sexta-feira (30), as turmas vão socializar no pátio da escola as produções com a temática.

Através de uma vasta programação interdisciplinar, o projeto fomentou a leitura de forma criativa e divertida. Os alunos produziram varais de cordel, assistiram vídeos e fizeram piqueniques e intervalos literários, sempre traçando um paralelo entre o cordel e demais gêneros textuais.

De acordo com a professora Glaucya Leandro, a ideia foi proporcionar aos alunos um contato direto com o cordel de modo criativo e atrativo. “O incentivo à leitura no ambiente escolar é primordial para a formação de um cidadão crítico, então visualizamos no cordel uma oportunidade de abordar múltiplas temáticas com uma ferramenta popular, lúdica e acessível para todas as idades”, conta a professora.

Para despertar essa criticidade, os professores sugeriram a produção de peças com temáticas como religiosidade, política, cultura, literatura, entre outros. Os estudantes abusaram da criatividade e se envolveram em pesquisas, planejamento e na criação de cordéis, além das apresentações culturais que serão exibidas durante o evento de conclusão do projeto.

Fonte: AsCom