THEREZINA 165 anos

I

Descortinei teu belo cenário/
Minha querida Teresina, menino./
Adorei tuas avenidas e Praças/
Teus casarões e imponentes palácios.

II

Decidiram que aqui viria estudar/
Quanta alegria, vontade de aprender./
Morar na Frei Serafim, São Pedro/
Vizinho de Lucidio, Leônidas e Lindolfo.

III

Mãita minha protetora, Toinha professora/
Abdias Neves, e Domingos Jorge Velho/
Des Antonio Costa e Liceu, minhas escolas.

IV

Cidade Verde me adotaste há cinquenta e oito anos/
Sou de fato seu filho por Título de cidadania./
Como médico tento ajudar para sua melhoria.

De: Jose Itamar A Costa