FWF estuda parceria com o Banco Popular de Teresina

Finalidade é fortalecer a economia do município no âmbito da microprodução e microempreendedorismo

Mais que oportunizar qualificação profissional, o objetivo da Fundação Wall Ferraz é, além de tudo, oferecer melhoria de vida para a população através de cursos e oficinas que visem desenvolvimento profissional e pessoal. Em reunião realizada na última semana com a gerência do Banco Popular de Teresina, a Fundação Wall Ferraz apresentou suas propostas para que os alunos egressos dos cursos de capacitação profissional tenham acesso ao crédito oferecido pelo Banco e assim adquiram máquinas, equipamentos e insumos para iniciarem suas atividades empreendedoras.

A Presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira, explica como a parceria com o Banco Popular deve efetivar a política de empregabilidade e geração de renda no município de Teresina: “Após os trabalhos de qualificação profissional em áreas onde existem a perspectiva de geração de renda através do empreendedorismo, iniciativa autônoma e microempreendimento individual, em cursos na área de beleza, alimentação e prestação de serviços nós vamos buscar as pessoas que realmente tem interesse no crédito do Banco Popular para que possam de fato, atuar profissionalmente por conta própria”, diz.

É importante destacar que os interessados em adquirir o microcrédito oferecido pelo Banco Popular devem cumprir exigências do próprio Banco como, por exemplo, o nome livre de restrições no SPC (Serviço de Proteção ao Crédito).

“É de grande importância essa parceria que a Fundação Wall Ferraz busca com o Banco Popular. Depois da capacitação a pessoa está estimulada a empreender, mas não tem acesso ao crédito e é justamente nesse momento que o Banco Popular entra para fazer esse complemento”, afirma Michel Sena, Gerente do Banco Popular de Teresina.

O Banco Popular é gerenciado pela Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Economia Solidária (Semest).

Fonte: AsCom