Profissionais do HUT participam de treinamento no hospital Sírio-Libanês

HUT foi um dos 100 hospitais de urgência e emergência selecionados pelo projeto em todo Brasil

Para iniciar a implantação do projeto Lean, o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) enviou um grupo de profissionais de saúde para um treinamento no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. A meta é qualificar os servidores para que eles possam participar ativamente da implementação do projeto nas emergências no HUT. O Lean nas Emergências é um projeto do Ministério da Saúde que tem como foco a redução da superlotação de hospitais de urgência e emergência públicos e filantrópicos. 

Participaram do treinamento oito profissionais, sendo quatro enfermeiros, três médicos e um profissional da área de tecnologia. A enfermeira e chefe do Núcleo de Segurança do Paciente do HUT, Lenier Braga, explicou como foi o treinamento.

“Fomos recebidos por dois tutores do Sírio-Libanês que iniciaram o treinamento com a parte teórica onde eles apresentaram toda a filosofia do projeto Lean nas Emergências. Em seguida, fomos para a parte prática aplicando toda teoria discutida no primeiro momento do treinamento. Participamos de um circuito de atendimento fictício, mas dentro do perfil dos pacientes que recebemos no HUT. O objetivo era aplicar todo o conhecimento adquirido no sentido de identificar os problemas e pensar nas estratégias de organizar o serviço, tornando a assistência ainda mais qualificada”, disse Lenier.

O HUT foi um dos 100 hospitais de urgência e emergência selecionados pelo projeto em todo Brasil. O diretor do HUT, Dr. Gilberto Albuquerque, comentou que o projeto trabalha focado também no tempo resposta dos atendimentos, ou seja, ele prevê que todos os processos de cuidados que envolvem o paciente sejam avaliados em tempo real. “No momento em que o paciente inicia seu atendimento, outros profissionais estão acompanhando e avaliando os procedimentos para detectar possíveis problemas. Isso torna a assistência mais resolutiva e melhora ainda mais os fluxos de trabalho”, destacou o diretor. 

O termo Lean significa “enxuto”. O nome do projeto origina-se de uma filosofia de gestão inspirada em práticas e resultados do Sistema Toyota, para administrar a produção industrial e trabalha para melhorar processos com base no tempo, assegurando fluxos contínuos e eliminando desperdícios e atividades de baixo valor agregado, agora adaptada à prática hospitalar.

Fonte: AsCom PMT