UBS tem horta medicinal para ofertar fitoterápicos à comunidade

Ideia é difundir o uso de plantas medicinais e desenvolver trabalho em equipe

A Unidade Básica de Saúde Dr. Evaldo de Carvalho, bairro Nova Brasília, zona Norte, reinaugurou nesta sexta-feira, 30, a horta medicinal do local. A horta é cultivada com o objetivo de conscientizar a comunidade sobre o uso de plantas medicinais, o desenvolvimento sustentável e a preservação ambiental. Além disso, promover a capacidade para o trabalho em equipe, a cooperação, o respeito e o senso de responsabilidade.

“Esse espaço foi revitalizado pelos alunos de enfermagem da Universidade Federal do Piauí, para que possamos ofertar fitoterápicos à comunidade. As hortas medicinais sempre foram uma tradição entre os brasileiros. Uma horta medicinal consiste em um conjunto de plantas e ervas que trazem benefícios para a saúde”, explica Adriana Sávia, Gerente de Atenção Básica da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

A Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece que 80% da população dos países em desenvolvimento depende da medicina tradicional para sua atenção primária, tendo em vista que desta população utilizam práticas tradicionais nos seus cuidados básicos de saúde e 85% destes utilizam plantas ou preparações destas.

O Governo Federal aprovou a Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos, por meio do Decreto nº 5.813, de 22 de junho de 2006, a qual se constitui em parte essencial das políticas públicas de saúde, meio ambiente, desenvolvimento econômico e social como um dos elementos fundamentais de transversalidade na implementação de ações capazes de promover melhorias na qualidade de vida da população brasileira.

Fonte: AsCom PMT