Casa de Zabelê apresenta coleção “Seja Luz” no Piauí Moda House

A Casa de Zabelê apresenta no próximo domingo (13), às 19h, durante o Piauí Moda House, a coleção intitulada “Seja Luz”, com 20 peças que vão destacar à importância da energia como fonte de felicidade, força e esperança nesse período de pandemia do novo Coronavírus. O desfile será transmitido ao vivo pela Rede Meio Norte.

De acordo com a coordenadora da Casa de Zabelê, Suely Coelho, os vestuários utilizados foram adquiridos através de uma parceria da entidade com a Equatorial Energia, com o propósito de transformar fardamentos antigos que seriam incinerados, em looks conceituais, estimulando a criatividade e o reaproveitamento dessas peças.

“Estamos cheios de expectativa devido à visibilidade que teremos através do evento. Buscamos um pioneirismo no mundo da moda com essa linha que será apresentada. O projeto busca valorizar a cultura local do empreendedorismo e o reuso de peças dos fardamentos dos eletricistas, que antes seriam descartadas, mas que agora ganham vida através de mãos transformadoras e respeito ao meio ambiente”, disse.

O desfile vai levar ao público oito looks conceituais, além de uma coleção cápsula de t-shirts e outra de utilitários como ecobags, porta squeeze e porta álcool. Seja Luz é assinada pela consultora de Moda, Marta Martins, e Dogirlene Miranda, modelista da Casa de Zabelê. Os modelos de passarela e os acessórios foram produzidos a partir do reuso de vestimentas térmicas e com propriedades antichamas.

“Logo após o desfile, as camisetas e peças utilitárias estarão à venda na Zabelê Moda. Serão mais de 2.000 peças de uniforme que se transformarão em artigo de moda”, completou a coordenadora.

A Casa de Zabelê atende a crianças e adolescentes que sofreram qualquer tipo de violação dos seus direitos sociais e pessoais. O espaço surgiu em 1994 e foi promovido pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente, frente à situação de violência imposta às meninas que eram exploradas sexualmente nas principais praças de Teresina. Em 29 de agosto de 1996, a Casa de Zabelê iniciou suas atividades, originando-se de uma parceria entre o Banco Interamericano de Desenvolvimento, Prefeitura Municipal de Teresina e Ação Social Arquidiocesana (ASA). Atualmente a entidade é coordenada pela ASA, em parceria com a Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

Fonte: Ascom/SEMCASPI