Nosso Lar oferece acolhimento aos idosos em situação de vulnerabilidade social

Inaugurada em julho deste ano, a Instituição de Longa Permanência (ILP) “Nosso Lar” foi criada com o objetivo de acolher os idosos que se encontravam em situação de vulnerabilidade social devido a pandemia da Covid-19. O espaço tem a capacidade de atender até 15 pessoas com idade acima de 60 anos e oferece atividades pedagógicas, de cognição e de educação física, levando em consideração a idade de cada um e mantendo o distanciamento como recomenda os órgãos de saúde.

De acordo com a coordenadora do Nosso Lar, Lorena Moura, os idosos chegam ao local após triagem feita pela Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI), onde são realizados exames e ainda passam por um isolamento de 14 dias para garantir que não haja a contaminação dentro da Instituição.

“Os idosos que estão hoje na Instituição já haviam sido acolhidos no inicio da pandemia da Covid-19, no Estádio Lindolfo Monteiro, pela Semcaspi. Como é um público de risco, todos eles foram trazidos pra cá, onde recebem acolhimento de forma permanente”, disse a coordenadora.

Jonas Gomes Martins Mendes da Silva, de 62 anos, morador do Nosso Lar desde outubro, relata que foi bem acolhido no espaço e que possui uma realidade completamente diferente do que vivia antes de chegar na Instituição.

“Aqui eu tenho quarto com ar-condicionado, boa alimentação, psicólogo. Recebemos ajuda para cuidar dos nossos assuntos particulares quando precisamos. Não tenho do que reclamar. É uma nova vida e eu agradeço por tudo que estou vivendo”, disse seu Jonas.

Lorena Moura relata que, atualmente, 10 idosos estão recebendo acolhimento no espaço e que, para diminuir os impactos do isolamento social, os profissionais definiram uma grade de atividades com dinâmicas em grupos, para que eles entendam seu valor na sociedade.

“Os idosos recebem atendimento físico e psicológico, com médicos, enfermeiras, cuidadores, psicólogos, cozinheiros, assistentes sociais e da diretoria técnica. Nós buscamos dar uma maior dignidade a eles, através de atividades integrativas. Temos um lar bem dinâmico, e posso dizer que somos uma família”, explica.

A instituição está localizada na Rua Batista, N° 1735, bairro Mafuá. Mais ações de natureza emergencial articuladas durante a pandemia podem ser conferidas no site e nas redes sociais da Semcaspi.

Fonte: Ascom/Semcaspi