Prefeitura aplicou mais de R$ 140 milhões em calçamento para melhorar acessibilidade em bairros de Teresina

A Prefeitura de Teresina aplicou cerca de R$ 140 milhões em obras de pavimentação em paralelepípedo e recuperação de calçamentos em todas as regiões da cidade nos últimos oito anos. O investimento permitiu maior acessibilidade aos bairros, especialmente no período chuvoso, já que melhora a drenagem das águas da chuva.

Dentro do plano de mobilidade urbana da região Centro Norte, mais de R$ 20 milhões foram investidos na pavimentação de novas ruas, incluindo os bairros Parque Brasil I, II, III, Dilma Rouseff, Leonel Brizola e Nova Conquista. “A pavimentação poliédrica proporciona uma melhor qualidade de vida para as famílias, por isso nos empenhamos em levar esse benefício às vilas e bairros da zona Norte”, ressalta o superintendente executivo da SDU Centro Norte, Márcio Sampaio.

“Aqui em casa a gente vivia gripando por causa da poeira, mas desde que fizeram o calçamento esse problema foi resolvido. Além disso, a rua calçada facilita o acesso ao bairro”, comenta a moradora do Parque Brasil II, Maria de Fátima Sousa.

Na zona Leste da capital, todos os bairros tiveram trechos contemplados com pavimentação em paralelepípedo. Em oito anos, mais de R$ 27 milhões foram investidos em novos calçamentos, correspondendo a 432 mil metros quadrados. Além disso, mais R$ 11 milhões garantiram a recuperação de trechos danificados.

No mesmo período, diversos bairros da região Sul foram totalmente pavimentados. Cerca de R$ 40 milhões foram investidos na pavimentação de novas ruas, o que representa um número superior a 500 mil metros quadrados de calçamento. Os bairros Bela Vista e Angelim foram alguns dos mais beneficiados na região. O bairro Parque Vitória, que há tempos muito sofria com ruas alagadas no período de chuvas, também teve a realidade transformada com ruas que ganharam calçamento. A Prefeitura de Teresina investiu ainda mais de R$ 18 milhões na recuperação de calçamentos na zona Sul da capital.

Na zona Sudeste, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano investiu, de 2013 a 2020, mais de R$ 20 milhões em obras de pavimentação em paralelepípedo em diversos bairros da região, que equivalem a cerca de 400 mil metros quadrados. Apenas no Assentamento Nova Esperança, no Pedro Balzzi, foram investidos cerca de R$ 2,5 milhões para pavimentar 19 ruas.

Também foram executados serviços de reparos e manutenção, com investimento aproximado de R$ 7 milhões, totalizando mais de 70 mil metros quadrados de calçamento recuperados. O trabalho de manutenção contempla ainda os serviços de drenagens, melhoria nos canteiros centrais, passeios, obras de contenção e serviços em geral.

Fonte: Ascom / SEMCOM