Teresina é premiada em 1ª lugar no Busca Ativa da Campanha Tarifa Social de Energia Elétrica

A Prefeitura de Teresina foi um dos oito municípios premiados na categoria Busca Ativa da campanha “Boas Práticas da Tarifa Social de Energia Elétrica”, com as ações da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), por meio dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). A iniciativa é da Secretaria Estadual de Assistência Social (SASC) em parceria com a Distribuidora Equatorial Piauí.

Os prêmios são para as categorias: melhor gestão da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE); melhor crescimento do aproveitamento da TSEE; e o Busca Ativa. Na categoria Busca Ativa, a capital piauiense se destacou em primeiro lugar, com de 80.266 famílias, somando um total de 5.257 pontos; seguida de Parnaíba, com 16.273 famílias, contabilizando 1.119 pontos; e Floriano, com 7.050 famílias e 535 pontos.

Segundo a secretária da Semcaspi, Eliana Lago, a secretaria, com os trabalhos desenvolvidos pelos CRAS, tem conseguido trabalhar em prol de um melhor atendimento à população que necessita dos serviços de assistência social.

“Esta premiação é um fruto do resultado do trabalho das equipes das nossas unidades de CRAS. Ao total, temos 19, que contempla todas as regiões de Teresina, o que reflete em maior acesso da população em situação de vulnerabilidade social. Com certeza, o prêmio vai ajudar a fortalecer esta estrutura em prol de melhorias nos atendimentos”, pontuou.

José Santana, secretário estadual da Sasc, explica que a campanha “Boas Práticas da Tarifa Social de Energia Elétrica” consiste na busca de famílias que se enquadra no perfil do beneficiário da Tarifa Social.

“Nós tivemos, há dois anos, um acordo de cooperação técnica com a Equatorial, integrando todos os municípios e buscando beneficiários que tinham aquele perfil dentro do limite de consumo. Com isso, se estabeleceu uma pontuação para a proporção que se avançava o número de inclusões e esta pontuação dá direito a trocar por diversos prêmios. Teresina, obviamente, como a maior cidade e também graças ao desempenho realizado obteve uma excelente pontuação”, esclareceu.

Para José Santana, a Semcaspi deverá utilizar a pontuação em troca de equipamentos que melhorem a estrutura das unidades dos CRAS. “A Semcaspi poderá escolher prêmios como: ar-condicionado, impressoras, computadores. A troca será em algo que possa ser utilizado para incrementar os CRAS, possibilitando melhor atendimento e infraestrutura do equipamento da própria secretaria, o que vai aperfeiçoar, cada vez mais, este trabalho de atendimento a população carente que precisa e procura os CRAS”, finalizou.

Os dados presentes no Cadastro Único (Cadúnico), no ano de 2020, apontou que 480 mil famílias piauienses foram inseridas na Tarifa Social de Energia Elétrica, registrando o maior índice em aproveitamento do programa no país, com um total de 87%.

Fonte: Ascom/Semcaspi